Esta web utiliza 'cookies' propias y de terceros para ofrecerte una mejor experiencia y servicio. Al navegar o utilizar nuestros servicios, aceptas el uso que hacemos de las 'cookies'. Sin embargo, puedes cambiar la configuración de 'cookies' en cualquier momento.


Estudos científicos

Médico a fazer OK com a mão

Desde o início, a empresa PronoKal Group®, à qual pertence o Método PronoKal®, apostou na investigação científica e no rigor, pelo que impulsiona e desenvolve inúmeros estudos cujos objetivos consistem em evidenciar a segurança e a eficácia do método a curto e longo prazo. Os resultados destes estudos, que são muito positivos, apresentam-se nos principais congressos e fóruns científicos a nível internacional, com ajuda de reconhecidos oradores de prestígio.

Os principais estudos e ensaios clínicos são:

  • Estudo CetoPnK. 2016. Body composition changes after very low-calorie ketogenic diet in obesity evaluated by three standardized methods.The Journal Clinical Endocrinology & Metabolism (JCEM). O objetivo deste estudo é avaliar as mudanças provocadas pela dieta VLCK (Método PronoKal®) na composição corporal dos pacientes obesos e comparar três metodologias diferentes ao analisar estas mudanças. Diego Gomez-Arbelaez, Diego Bellido, Ana I. Castro, Lucia Ordoñez-Mayan, Jose Carreira, Cristobal Galban, Miguel A. Martinez-Olmos, Ana B. Crujeiras, Ignacio Sajoux, Felipe F. Casanueva. Consulte estudo CetoPnK
  • Estudo ProKal. Ensaio clínico realizado na Unidade de Obesidade Hospitalar do Hospital Geral Universitário Gregorio Marañón (Madrid). O objetivo principal é avaliar as diferenças na redução de peso entre os pacientes obesos que seguem o Método PronoKal® e os que seguem uma dieta hipocalórica.

    Mais informações sobre o Estudo ProKal 12 meses (555,8 KB)

    Consulte estudo ProKal 12 meses

    Mais informações sobre o Estudo ProKal 24 meses (3,5 MB)

    Consulte estudo ProKal 24 meses
  • Estudo Promessa I e Promessa II. São estudos que têm como objetivo avaliar a eficácia na redução do peso e a segurança da utilização do Método PronoKal® em pacientes com sobrepeso e obesidade.

    Promesa I Study (668,1 KB)

      

    Promesa II Study (594,2 KB)

     
  • Estudo DiaproKal®. Estudo clínico para avaliar a segurança de uma Dieta Proteinada em comparação com uma dieta hipocalórica na redução de peso em pacientes obesos com diabetes tipo 2 ou pré-diabetes. Este estudo foi apresentado, entre outros, no Congresso Mundial de Diabetes realizado em Dubai em 2011.

    DiaproKal Study (309,4 KB)


    DiaproKal Study
  • Comparação entre uma dieta hipocalórica habitual e um Método à base de Dieta Proteinada (Método PronoKal®) em adultos mexicanos.
  • Estudo Diana. Através deste estudo está a elaborar-se uma descrição pormenorizada (características demográficas, doenças concomitantes, hábitos, etc.) do perfil do paciente com excesso de peso e diabético que está em tratamento com a Dieta Proteinada.
  • Estudo Proce-D. Tem como objetivo estabelecer as cifras habituais de cetonemia capilar em pacientes diabéticos ou pré-diabéticos submetidos a perda de peso através da Dieta Proteinada.
  • Estudo Promet. Este estudo realiza-se a nível internacional, em países como Espanha, Brasil, Bélgica ou Argentina, e efetua uma avaliação da perda de peso e da evolução dos fatores relacionados com o excesso de peso durante uma Dieta Proteinada (Método PronoKal®).
  • Biologia de sistemas e nutrição. Efeitos positivos de uma dieta cetogénica rica em proteínas em pacientes com diabetes tipo 2, da evidência clínica à base molecular. Este estudo foi publicado na revista "Nutrition&Metabolism" e explica porque pode funcionar a cetose conseguida com o Método PronoKal® nos pacientes com diabetes tipo 2.

Quero perder peso já!

Envie-nos os seus dados e entraremos em contacto consigo para o/a encaminhar ao médico prescritor PronoKal® mais próximo.